Arquivo da tag: Hero!

Mãe…olha, sem as mãos

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Brazilian Bike Lowrider

Yeah.
Christian “gt” Lacerda aloprando….

Projeto próprio em andamento. Desculpa a demora em postar. Abração
Vai nessa Brother !

Deixe um comentário

Arquivado em Hipster

…so não tem fixa quem não quer…

O Carlos é a Prova viva que da ! Parabens.

Ele é a prova viva do que quero dizer toda vez do do it yourself, de reciclar e outros mimimis.

Gentes, eis a história da primeira fixa de Nilópolis/RJ…

No final do ano, tava eu passeando num domingo de manhã pela “feira do rolo”, em Nilópolis/RJ, quando me deparei com aquela bike velha, surrada, zoada… achei linda… perguntei o preço e o cara falou 70 conto… mandei 50 e fiquei com a tranqueira… cheguei na casa do sogro e comecei a depenação: ranquei logo a capa de banco do flumerdense, o freio traseiro que tava pegando no aro empenado, os paralamas e a garupa… já ficou com uma cara melhorzinha… aí eu pensei que podia fazê-la fixa… mas como? andando com a bichinha, percebi que a catraca tinha jogo, então deu o estalo: mandar soldar aquela merda… aí fica uma fixa meio nas coxas, mas já dá pra tirar onda… levei num serralheiro e paguei 5 conto pra ele soldar a catraca… comecei a andar e já senti a diferença que vocês tanto falam… pra começar não dá pra andar colado ao meio fio, como eu costumo andar por aqui, que o pedal bate na guia… mas eu fiquei andando pela cidade toda (que é bem plana) e foi muito legal… quando eu voltei do meu passeio, disse por onde tinha andado e perguntaram se eu era louco, se eu pensava que a bike era o “Caveirão” do Bope… aí deu outro estalo: comprar um canote de caveira, que eu já tinha visto no Mercado Livre… neste último feriado voltei pra lá e troquei o canote, guidão, sistema de freio dianteiro, pneu traseiro, centrei o aro e levei um banco melhorzinho… ficou uma delícia de andar… na próxima viagem eu vou levar um cubo de freio à disco e um pinhão… aí ela vai virar uma fixa de verdade…

Custos:
bike velha: 50,00
solda: 5,00
canote: 23,00
pneu: 22,00
pedais: 10,00
sapatas de freio: 2,00
chavetas do pé de vela: 2,00
manoplas: 1,00
centrar aro: 5,00
eixo traseiro: 3,00
banco: grátis, já tinha
guidão/manete de freio/cabo de aço e outras miudezas: tudo grátis no sucatão da bicicletaria de um tiozinho de lá
TOTAL FASE I: 123,00

cubo de freio à disco Shimano: 57,00
pinhão Velosolo: 50,00
mão de obra pra trocar o cubo: 10,00
TOTAL FASE II: 117,00

TOTAL FINAL: 250,00

Depois ainda vou ter que dar um jeito de subir o canote do banco, que tá ultra-super-mega-hiper emperrado… talvez, com o tempo, eu pinte e coloque um banco estilo antigo, com aquelas molas enormes…

Seguem algumas fotos pra ilustrar a Caveirão…

p.s.: a fixa daqui ainda tá meio enrolada… faltam alguma$ peça$…

Carlão
São Paulo/SP

Deixe um comentário

Arquivado em Fixed Gear Ideas

Furriel Fixed

47×14 ….ogro

1 comentário

Arquivado em Hipster, Single Speed

Dont steal wheels bro.

Esse cara é meu novo herói! Dê uma olhada no depoimento:

Eu estava pedalando pela Rua Sullivan e vejo um cara MUITO suspeito, com luvas de latex tirando a roda de uma bicicleta que ainda estava presa no poste. Eu perguntei “Essa bike é sua?” e comecei a filmar. O resto vocês podem ver pelo vídeo, até ele se aproximar para tentar me bater – aí eu desliguei  a câmera. Depois disso, ele foi para o prédio e escondeu a roda. Eu chamei a polícia.

Os policiais apareceram e ele tentou reverter a situação. Disse que eu estava trabalhando com um comparsa, que já havia soltado a roda para que eu viesse e a roubasse. O dono da bicicleta apareceu e confirmou que não conhecia o cara e ele foi preso. Aliás, ele é síndico na Rua Sullivan, 115 em Manhattan.

DONT STEAL BIKES BRO.

Tradução de partes da conversa no vídeo:

– Ela é sua? Você vai pegar essa roda?

– Vou pegar a roda sim.

– Eu filmei você, cara.

– Quer que eu assine o vídeo também? Me dá uma caneta.

– Qual seu nome?

– Hector Vega.

– Hector Vega, você simplesmente vai pegar essa roda e ir embora sendo filmado? Eu vou chamar a polícia.

– Pode chamar, fique à vontade. Quer que eu chame por você?

– Você vai fazer isso? Você costuma pegar coisas das bicicletas? Esse é seu prédio? Você trabalha aqui? Você pega o que não é seu?

– Como vou saber que VOCÊ não veio aqui roubar bicicletas? Deixa eu ver sua mala! Você tem alicates aí?

– Não encosta em mim! Eu sou um Messenger, cara. Eu filmei você pegando essa roda. 

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

O que Perzeus Forte faria?

Um motorista joga comida pela janela. A bike courrier que estava passando não concorda com lixo sendo jogado pela janela. A bike courrier pega o lixo do chão, abre a porta do carro e joga o lixo de volta. O motorista joga café na bike courrier. A bike courrier risca o carro com uma chave. A briga começa.

O fotógrafo que tirou as fotos da briga vai até o carro para bater uma foto da placa. Motorista vai até o porta-malas e tira um taco de baseball e ataca o fotógrafo.

Fotógrafo fica na cena para dar depoimento à polícia.

—————————————-

Vejam a sequência completa das fotos aqui, e note que o incidente foi em 2006, mas que os comentários continuam rolando até hoje.

O que você faria se fosse a bike messenger?

6 Comentários

Arquivado em Sem categoria